segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Coisas que não da pra entender


Boa noite a todos!!!

Temos uma boa parte da população revoltada com "os altos salários dos professores", na minha opinião um salário justo, também na minha opinião acho que a população deveria questionar a qualidade do ensino e fazer que os professores façam jus ao salário que ganham, isto estaria  mais que correto.

Será que ninguém vai questionar o que esta acontecendo na Administração Municipal, pois se os "marajas da cidade" estão com salários atrasados, fornecedores também não recebem, funcionários contratados ou efetivos estão com salários atrasados ou recebem com atraso, obras não se vê na cidade, o que será que esta acontecendo com as verbas recebidas?

Isso que realmente não da pra entender, são varias coisas acontecendo e o povo no geral aceita tudo numa passividade, como se fosse proibido questionar o destino dessas verbas, ou mesmo por que a prefeitura insiste em manter ainda todos esses contratados, quem for essencial, necessário para dar andamento e manter uma boa qualidade dos serviços deve ficar, quanto ao restante que cancelem os contratos, na minha opinião esta seria a primeira ação que faria pra conter as despesas, nem que fosse preciso cortar na própria carne.

A situação em relação aos salários tende a piorar com o pagamento do 13º salário tendo que começar a ser pago a partir de novembro, não sou funcionário da prefeitura mas sei muito bem que funcionário que não recebe também não produz, e nem tem como cobrá-lo em relação a isso. 

Do jeito que vão as coisas coitado do futuro prefeito terá que começar sua administração tapando buracos da anterior e isso durante uns bom meses, milagre ninguém faz. 

Cabe a nós começar a cobrar o destino das verbas que chegam ao município todos os meses, um jeito fácil e conversar com seu vereador eles são nossos representantes dentro da prefeitura, nada mais justo que eles nos mantenham informado do que acontece, independente de ser situação ou oposição quando a coisa fica ruim todos sofrem.

Abraços a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário