terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Adutora do Agreste começa a sair do papel



O governador Eduardo Campos e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, assinaram um termo de compromisso nesta segunda-feira para a construção do ramal Agreste das obras de transposição do São Francisco e das barragens de Igarapeba e Barra de Guabiraba.

A solenidade aconteceu na sede provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções de Pernambuco.

O primeiro termo de compromisso prevê investimentos de R$ 1,3 bilhão para o ramal do Agreste, que terá extensão de 71 km, fazendo a ligação do eixo leste da transposição com a Adutora do Agreste.

Já as duas barragens, que fazem parte do “PAC Prevenção”, estão orçadas em R$ 160 milhões.

Ambas foram projetadas para conter novas cheias na região da Mata Sul como as que ocorreram em junho de 2010 e atingiram 90 mil pessoas.

A Barragem de Igarapeba terá capacidade para 68imilhões de metros cúbicos, complementando o sistema de contenção do rio Una.

Quase 170 mil pessoas serão contempladas por esta obra.

Já a de Barra de Guabiraba será construída no leito do rio Sirinhaém, beneficiando 150 mil pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário