domingo, 19 de julho de 2015

SANTA CRUZ FAZ 3x0 NO ATLÉTICO-GO E SOBE NA CLASSIFICAÇÃO DA SEGUNDONA

O Santa Cruz reabilitou-se da derrota para o Náutico no clássico pernambucano da rodada passada da Série B ao bater o Atlético-GO por 3×0 na tarde deste sábado (18), no Arruda pela 13ª rodada. O resultado fez os corais subirem para o nono lugar da competição, agora com 18 pontos. Na próxima rodada, o adversário tricolor será o Criciúma, no Heriberto Hulse.

O jogo começou da forma tradicional no futebol brasileiro. O time da casa, neste caso, o Santa, tentando tomar a iniciativa explorando as laterais do campo e sem criatividade no meio. O visitante na esperança de segurar até encontrar uma brecha para encaixar um contra-ataque. Nesse mais do mesmo a bola ficou entre uma intermediária e outra sem grande perigo para os goleiros até Renatinho tirar um coelho da cartola aos 14 minutos. Ele fez um lançamento preciso para Lelê entre os zagueiros. Mesmo pressionado, o atacante chutou meio de canela mas com a precisão necessária para tirar do goleiro e acertar o canto esquerdo de Márcio.

À medida que o tempo passava o Santa Cruz recuava. O Atlético ganhava terreno e cruava situações de finalização bem perto de chegar ao empate. Geraldo, por exemplo, perdeu um gol que até agora deve estar se perguntando como conseguiu. Arthur chutou cruzado com perigo. O Santa também teve sua cota de gol incrível desperdiçado com Anderson Aquino. No fim da etapa, Marlon cabeceou na trave e, no rebote, Bileu mandou nas mãos de Márcio.

Os dois times voltaram para o segundo tempo com posturas iguais às do fim do primeiro tempo. A diferença ficou na execução, principalmente por parte do time goiano. Como Willie voltou no lugar de Aílton, o Atlético-GO perdeu qualidade no passe no setor de meio de campo. Por isso, quando o time saía jogando nesse setor imprimia velocidade no começo da jogada mas quando chegava mais perto da área a marcação do Santa levava a melhor. Aos corais faltava mais velocidade na transição defesa ataque, justamente o que o rival tinha de melhor.

Apesar dessa dificuldade o time pernambucano chegou ao segundo gol na bola parada e perspicácia de Daniel Costa. Aos 18 ele cobrou falta e aproveitou o salto dos jogadores da barreira para chutar rasteiro. A bola foi no canto esquerdo. A predominância na posse de bola e ganho de espaço continuou com a equipe visitante. Mas a finalização mostrou bem porque a equipe é a vice-lanterna da Segundona. O Santa ficou na dele e em estocadas esporádicas poderia ter até ampliado a vantagem não fosse por erros no passe final. Anderson Aquino e Pedro Castro foram dois exemplos disso.

No penúltimo minuto, o contra-ataque coral finalmente encaixou. Luisinho chutou cruzado e a bola foi na trave direita. No rebote, Lelê empurrou para as redes. Por coincidência, o gol saiu menos de um minuto depois de Marlon carimbar o travessão de Tiago Cardoso.

Ficha do jogo:

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Nininho (Luisinho), Neris, Diego Sacoman e Marlon (Lúcio); Moradei, Bileu, Lelê, Renatinho (Pedro Castro) e Daniel Costa; Anderson Aquino. Técnico: Marcelo Martelotte.

Atlético (GO): Márcio; Pedro, Marllon, Samuel e Danilo Tarraxa; Anderson Pedra, Feijão, Thiago Primão (Juninho) e Aílton (Willie); Arthur (Weverton Gomes) e Geraldo. Técnico: Jorginho.

Série B (13ª rodada). Local: Arruda, Recife (PE). Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG). Auxiliares: Marcus Vinicius Gomes e Marconi Helbert Vieira (ambos de Minas). Gols: Lelê, aos 14 do primeiro. Daniel Costa, aos 18 e Lelê, aos 48 do segundo tempo. Carões amarelos: Neris, Thiago Primão e Arthur.

Nenhum comentário:

Postar um comentário