terça-feira, 18 de agosto de 2015

Bruno Araújo defende saída de Dilma


Líder da Minoria na Câmara, o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) se disse favorável a uma “saída constitucional” para a presidente. Segundo ele, todas as saídas propostas são amparadas pela Constituição, mesmo mote adotado pelo presidente do PSDB, Aécio Neves.

“Sou a favor de qualquer saída estável constitucionalmente, seja a saída da presidente, seja cassação pelo Supremo Tribunal Federal ou renúncia”, afirmou. O tucano também criticou a aproximação do presidente do Senado, Renan Calheiros, com Dilma, em torno da Agenda Brasil – pacote de projetos na área econômica proposto por Calheiros.

“Assistimos semana passada a presidente entregar partes substanciais do poder presidencial ao presidente do Senado, com Renan definindo as políticas macroeconômicas e sociais. Esse evento de hoje é importante para mostrar que o principal ativo é o povo, então a expectativa é que o Brasil todo se mobilize. Um País mudo não muda”, argumentou.

Um comentário:

  1. SE BRUNINHO DISSE TÁ DITO. DA JUSTIÇA CUIDO EUUUUUUUUUUUUU.

    ResponderExcluir