sábado, 22 de agosto de 2015

Dois dos acusados de assassinar vereador serrabranquense serão julgados nos próximos dias


A semana que vem será a mais tensa de todos os tempos no município de Serra Branca, pois Marcelo Ferreira da Silva  e Leandro Teixeira estarão no banco dos réus. Ambos são acusados de ser o autor e de ser o mandante do assassinato, respectivamente, do vereador Geraldo Caetano (Déa). O julgamento está marcado para a próxima quinta-feira (27) às 8:00 horas.
Há na população de Serra Branca e de todo o Cariri uma grande expectativa para esse julgamento, uma vez que o crime chocou profundamente a sociedade. Passeatas e investigação exaustiva das autoridades de segurança pública movimentaram durante um mês a região, que acompanhou atenta a descoberta da autoria e prisão dos envolvidos no assassinato de Déa.
O crime completou dois anos nesta sexta-feira (21). Déa foi assassinado à queima roupa com quatro tiros quando trabalhava em sua barraca de lanches em frente à Escola Estadual Senador José Gaudêncio.
O advogado da família do vereador Déa, Dr. Tadeu Licarião, afirmou que os envolvidos na morte de Déa podem pegar de 12 a 30 anos de prisão.
José Sandro, acusado de ser o autor intelectual do crime, entrou com um recurso no Tribunal de Justiça da Paraíba e deverá ser julgado posteriormente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário