segunda-feira, 10 de agosto de 2015

DPVAT, o seguro para vítimas de acidentes de trânsito, agora pode ser solicitado no Detran-PE


DPVAT
Ficou mais fácil solicitar o DPVAT no Estado, o seguro obrigatório que indeniza financeiramente toda vítima de acidente de trânsito. O Detran -PE disponibilizou uma sala na sede do órgão, na Iputinga, Zona Oeste do Recife, para o atendimento à população. Com o espaço, a informação sobre como proceder para solicitar o seguro fica mais fácil e direta, sem necessidade de intermediários.
 
O Detran-PE foi o primeiro a criar o espaço, devendo virar modelo para o resto do País. E o movimento deverá ser grande. Números da Seguradora Líder, que operacionaliza o DPVAT, mostram que em 2014 foram pagas 764 mil indenizações no Brasil, 20% a mais do que em 2013.
 
Desse total, 52.226 foram por mortes (redução de 5% em relação a 2013), 115.446 por despesas médicas (redução de 14% em relação a 2013) e 595.693 por invalidez permanente (aumento de 34% em relação a 2013).
 
O Nordeste representa 28% das indenizações do DPVAT pagas no Brasil, seguido do Sudeste (38%), Sul (16%), Centro-Oeste (10%) e Norte (8%). Quase 80%, no caso da região nordestina, são para vítimas de acidentes com motos.

DPVAT1
O espaço oferecerá, de forma permanente, das 8h às 16h, de segunda à sexta-feira, atendimento especializado e gratuito aos cidadãos que precisam dar entrada no seguro DPVAT e obter informações sobre o benefício em casos de invalidez, morte e atendimento médico-hospitalar, relacionados a acidentes de trânsito, bem como a solucionar problemas como o pagamento do seguro obrigatório em duplicidade.
 
A sala é resultado de uma parceria do governo de Pernambuco com a Fenacor e o Sincor-PE. É uma forma de acabar com a exploração realizada por terceiros. “Em alguns casos, esses intermediários cobram até 30% do valor da indenização do DPVAT para prestar um serviço ao qual o cidadão tem direito gratuitamente”, alerta o presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro.  Em apenas dois dias de funcionamento, o espaço já atendeu mais de 30 pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário