domingo, 9 de agosto de 2015

SANTA CRUZ VENCE O BOTAFOGO PELA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO

Foi a reestreia dos sonhos. A volta de Grafite aos gramados defendendo as cores do Santa Cruz após 13 anos foi do jeito que o torcedor coral esperava. O camisa 23 marcou o gol da vitória sobre o Botafogo e começou da melhor forma a escrever sua nova passagem pelo clube coral. Assim o Santa quebrou um tabu de 28 anos sem vencer o Glorioso em Campeonatos Brasileiros.

Com a vitória o Tricolor subiu n tabela da Série B e alcançou a oitava posição com 25 pontos, cinco a menos que o quarto colocado, o próprio Alvinegro. Na próxima terça-feira o Santa volta a campo pela Série B, e terá o Mogi Mirim como adversário, no Arruda.

Já o Glorioso chegou ao quarto jogo sem vitória e mais uma vez perdeu posições na Segundona. Também na terça-feira o time entra em campo, contra o ABC-RN no Engenhão.

Volta em grande estilo

A torcida compareceu em peso, mais de 40 mil torcedores marcaram presença na reestreia de Grafite com a camisa coral. Nos primeiros minutos ele mostrou muita vontade, correu, brigou pela bola, deu chapéu, mas não teve uma chance clara de gol.

No segundo tempo a história foi diferente. Grafite voltou para o jogo e seguiu por mais 26 minutos. Neste tempo o centroavante mostrou seu faro de artilheiro. Aos seis minutos Anderson Aquino cruzou na área, o camisa 23 correu mais que os zagueiros e cabeceou forte, sem chances para Jefferson. Aos 26 do segundo tempo ele deu lugar a Luisinho, saindo bastante aplaudido pela torcida.

O jogo

No primeiro tempo o Santa ficou preso na boa marcação do Botafogo e chegou pouco. A melhor chegada do Santa ao ataque foi aos 37 minutos com Bileu, que desceu rápido e pegou de bate pronto da entrada da área. Jefferson fez uma linda defesa.

O Glorioso também chegou com perigo, aproveitando as saídas erradas do zagueiro Néris. Na principal Neilton roubou a bola, entrou na área e tentou encobrir Cardoso, mas a bola passou ao lado da meta coral.

Na segunda etapa o Santa voltou com a mesma formação. Logo nos primeiros minutos Grafite abriu o placar e marcou o gol da vitória. O técnico Ricardo Gomes logo chamou Sassá e o colocou na vaga de Neilton. O Bota partiu para o ataque para buscar o empate. Já o Santa apostou na velocidade de Lelê, que fez grande partida, e Anderson Aquino.

Logo depois Luisinho entrou para aumentar ainda mais a correria coral sobre a defesa botafoguense. Aos 37 minutos Diego cobrou escanteio com força, Cardoso saiu mal e quase Navarrou empata o jogo. O Santa segurou a pressão em campo e a torcida fez a festa nas arquibancadas.

Ficha de jogo

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vítor (Moradei), Danny Morais, Néris e Marlon (Lúcio); Bileu, Wellington Cézar e João Paulo; Lelê, Anderson Aquino e Grafite (Luisinho). Técnico: Marcelo Martelotte

Botafogo: Jefferson Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Serginho (Daniel Carvalho), Willian Arão, Diego Jardel e Octavio (Lulinha); Neilton (Sassá) e Navarro. Técnico: Ricardo Gomes

Campeonato Brasileiro Série B (17° rodada). Local: Arruda.  Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP). Assistentes: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira (ambos de SP). Gols: Grafite (aos cinco minutos do 2°t)  Cartões amarelos: Anderson Aquino, Danny Morais e Luisinho (S); Serginho e Lulinha (B). Público: 44.865. Renda: R$ 1.008.815.

Nenhum comentário:

Postar um comentário