segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Vamos comemorar nossa “falsa” independência

                           AUTO_fernandes
Vamos comemorar nossa “falsa” independência, vamos aplaudir o desfile cívico dos guerreiros fardados em plena avenida, mesmo que o clima seja de pânico e insegurança, vamos parabenizar todos os nossos representantes que sempre se fazem presentes nas fotografias em especial ao lado de crianças, mesmo que tais crianças sejam esquecidas em diversos fatores causados pela falta de sensibilidade daqueles que deveriam olhar por elas.

O Brasil comemora sua independência e daí se estamos em crise, e daí se já não somos tão independentes assim, somos brasileiros não desistimos nunca. Jataúba não é exceção e também vivencia sua crise, aliás suas crises, mas não estou aqui para mostrar o calcanhar de Aquiles de ninguém.

Vamos comemorar, afinal somos mais que vencedores e chance é o que não falta para todos que buscam seus objetivos, querem mostrar que o clima é de festa, e daí se temos assaltos em plena luz do dia, e daí se o trabalhador sai de madrugada passa o dia na feira e na volta pra casa é surpreendido por bandidos que levam todo seu dinheiro, e daí se uma mãe tem sua moto tomada de assalto quando vai buscar o filho na escola.

As vezes fico imaginando como seria viver na cidade propagada e prometida nas campanhas eleitorais, lembro-me de um certo político que disse em plena campanha “Luto por uma melhor qualidade de vida com mais dignidade para todo Jataubense”, linda frase, mas não passa disso é apenas uma frase de efeito bem elaborada, assim como tantas outras, com o único intuito de tocar o coração de muitos para atingir a meta de sair vitorioso nas eleições.

Aproveitando o clima de frases de efeito, deixo aqui meu recado a quem interessar, “NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE...!

“Dizem que o problema, é que a memória do povo é muito curta, Eu discordo, o problema é que a omissão é infinitamente maior!”.


Por Joseilson Chagas /com adaptações

Nenhum comentário:

Postar um comentário