sábado, 7 de novembro de 2015

HOSPITAL MUNICIPAL REGISTRA O DOBRO DE ATENDIMENTOS DIÁRIOS


 Neste último final de semana, as unidades de saúde pública de Santa Cruz do Capibaribe trabalharam em ritmo acelerado. Os casos de viroses que acometem a população da região levaram o Hospital Municipal Raimundo Francelino Aragão (HMRFA) a registrar o dobro do número de atendimentos.
 A forte incidência das viroses fez com que os atendimentos no Hospital Municipal saltassem de 250 para 500 ao dia, porém o sistema hospitalar continua atendendo a todos que dão entrada.

 “Após esse surto de virose na região a demanda dobrou no nosso hospital municipal, toda a logística e planejamento tiveram alterações. Mesmo com o hospital sobrecarregado, estamos trabalhando, dando o melhor para os nossos pacientes”, disse Pollyane Costa, diretora do HMRFA.
                         
 O agricultor Evaldo Costa, morador da cidade de Barra de São Miguel, Paraíba, falou que foi atendido no Hospital Municipal.
 “Tenho um irmão aqui em Santa Cruz, jantei na casa dele, durante a madrugada acordei sofrendo dores musculares e na barriga, corri às duas horas da manhã para o hospital daqui, fui muito bem atendido e logo medicado”, destacou o Agricultor.
 “Só de outros municípios estamos recebendo aproximadamente 100 pessoas diariamente, todas com essa virose, porém estamos fazendo o possível para atender bem quem precisar do atendimento médico em Santa Cruz do Capibaribe”, disse o secretário de Saúde, Breno Feitoza.
 “Minha mãe, por exemplo, estava sentindo dores no corpo, tontura, ânsia de vomito e febre, infelizmente tem muita gente em Santa Cruz com essa doença. Mesmo com muitas pessoas no hospital nós fomos bem atendidas”, contou a costureira, residente do bairro Palestina, Jane Lira.
 O diretor clínico, Tiago Costa, contou que é rotineiro pacientes de cidades vizinhas buscarem atendimentos no Hospital Municipal.
 “É comum em nossos plantões recebermos pacientes de Barra de São Miguel e das cidades vizinhas como Brejo da Madre de Deus, Taquaritinga do Norte e Jataúba. Isso mostra que o Hospital Municipal Raimundo Francelino Aragão virou referência na região. Hoje contamos diariamente com três médicos plantonistas, para dar um melhor e mais humanizado atendimento”, declarou.
 Há pouco mais de um ano, o Hospital Municipal Raimundo Francelino Aragão foi reformado. Houve ampliação do bloco cirúrgico e berçário, informatização e humanização do sistema de atendimento, melhorias no setor de urgência e emergência, entre outras ações que contribuíram para que somente no primeiro semestre de 2015 fossem realizados mais de 49 mil atendimentos aos usuários da Terra das Confecções e demais municípios vizinhos.


 Fonte: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário