sábado, 19 de dezembro de 2015

Em Brejo da Madre de Deus “terceira via já mostrou que não vinga”

A possibilidade de se ter uma terceira via totalmente independente na eleição em 2016, quando serão escolhidos os novos administradores das cidades brasileiras, deixou animada boa parte da população brejense. Isso porque muitos acreditam que houve um grande desgaste político dos líderes Roberto Asfora e Dr. Edson Sousa, após toda aquela novela do processo de cassação do prefeito Dr. Edson, e na sequencia, o seu afastamento, o presidente da câmara de vereadores ter assumido a prefeitura interinamente, depois ter sido realizada a eleição suplementar, Roberto Asfora ter passado um ano no poder, e o Dr. ter vencido a batalha no pleno do TSE e reassumido a prefeitura. Os munícipes foram os maiores prejudicados com todo esse processo e uma terceira seria bem vinda neste momento, isso é o que se falavam nas rodas de bate papo politico, “uma política nova, que traga esperança de um futuro promissor para o quase tricentenário município do Agreste pernambucano”.

Em julho deste ano (2015) o Blog Estação Notícias publicou uma matéria Eleição 2016 em Brejo da Madre de Deus já começou! Quem vai pra disputa? E nesta matéria, apareceram dois novos nomes, aparentemente sem ligação política com Roberto Asfora ou Dr. Edson. Mas, tudo leva a crer que essa terceira via não vai vingar, isso por que os nomes que se apresentaram já decepcionaram e estão sendo comentados negativamente pelos eleitores.
Jaime Motta

Jaime Motta - Era nome totalmente desconhecido, pegou carona após a matéria do Estação Notícias e confirmou que sua pré-candidatura a prefeito em 2016. O problema é que o cidadão já está sendo mal visto por boa parte dos brejenses que desaprovam a postura de querer fazer política aparecendo e patrocinando festas (essa tática foi exaustivamente utilizada na eleição em 2012, e não cola mais). O mesmo tentou se aproximar de algumas pessoas ligadas a política, mas a falta de propostas o deixou desacreditado, para muitos, seria mais um na multidão, e ser prefeito não passaria de uma utopia, ou seja, uma grande ilusão.
Geraldo Costa

Geraldo Costa - O brejense dono de um salão de beleza no Rio de Janeiro esteve visitando parentes e amigos em sua terra natal e já teria chamado algumas pessoas para o apoiarem e saírem candidatos a vereadores no próximo ano. Após a matéria do Blog Estação Notícias, um cidadão fez amizade com Geraldo Costa através da rede social Facebook e se queixou de sua falta de diálogo e de ter respondido friamente aos questionamentos, sendo um cara pouco comunicativo, utilizando apenas: sim, serei, talvez, foi, ok, vamos “achei estranho, a princípio pensei que fosse um fake (perfil falso), mas depois vi que não era, mas me parece uma pessoa monossílaba, não sabe desenvolver um diálogo. Oxe, um cara desse quer ser candidato sem saber falar com o público?” se queixou o amigo do face.

Por outro lado, um grande duelo de gigantes está sendo travado entre Rubinho Nunes e vereador Wagner Assunção (Bolão). O bicho está pegando!
Vereadores Laércio do Sindicato, Flávio Diniz, Rubinho Nunes e vereador Bolão 

Rubinho Nunes - Muitos acreditaram que Rubinho seria uma terceira via independente, mesmo sendo bastante próximo ao prefeito Dr. Edson. Mas teve cabo eleitoral se afastando de Rubinho após ter “se ligado” que o mesmo será o candidato apoiado pelo prefeito, isso é o que se comenta pelos bastidores da política, que Rubinho já trabalha para ser o “candidato de ultima hora” com o aval do Dr. Edson, o que teria deixado o tal cabo eleitoral insatisfeito, pois “acreditava no novo”. Neste ano Rubinho Nunes realizou alguns grandes eventos no distrito São Domingos e neste fim de ano está promovendo outro grande evento, desta vez na sede do município. Rubinho continua escondendo o jogo e comendo pelas beiradas para ser o candidato do Dr. Nas conversas na Praça Bom Conselho o nome dele é dado como certo na majoritária no próximo ano.

Vereador Bolão - O vereador está desgastado, não conta mais com a simpatia da Nação Boca Preta. Bolão teria brigado internamente com o prefeito Dr. Edson algumas vezes, e ter “votado contra as contas do seu prefeito” parece ter sido algo imperdoável, tendo o revestrés mais tarde, quando Bolão teve suas contas também rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), referente ao ano de 2012 quando esteve presidente da Câmara de Vereadores. Por outro lado, Bolão também está trabalhando para ser o candidato a prefeito na eleição próxima, e irá fazer uma grande festa de aniversário com shows e distribuição de bebidas para a população, festa que lembra aquelas realizadas pelo senhor Pedro Correia em sua Fazenda no distrito Fazenda Nova. A sua maior dificuldade é convencer e ser o candidato apoiado pelo prefeito. Se não o for, muitos acreditam que sairá candidato também, mas não seria uma terceira via legitimamente independente, por ter sido Bolão ligado até agora com o grupo do Dr.

Foi claramente observado pelos eleitores que o clima entre Rubinho e Bolão não é dos melhores, inclusive, com a realização de grandes eventos na mesma data, se o clima estivesse bom, seriam em datas diferentes e um estaria na festa do outro.

Destacamos a batalha entre Rubinho e Bolão, mas vale lembrar que os nomes dos vereadores Josevaldo Aguiar e Hilário Paulo correm por fora, não estão descartados. Na política tudo pode acontecer e o jogo pode mudar em questão de minutos. Às vezes “é sem querer querendo”, mas muda!

Então caros leitores do Blog Estação Notícias, a questão é que uma terceira via independente parece ser algo impossível para a eleição de 2016. O poder se concentra em Roberto Asfora e Dr. Edson, os dois grandes nomes da política brejense, até que nos provem o contrário.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário