sábado, 23 de janeiro de 2016

Estradas da zona rural de Jataúba-PE ficam intransitáveis com a chuva


Em alguns trechos alagados, nem os caminhões conseguem passar.
Em 3 dias já foram 151 mm de chuva e os moradores estão em alerta.

    Motoristas que utilizam as estradas da zona rural de Jataúba-PE reclamam que os locais estão intransitáveis por conta das chuvas dos últimos dias. Em alguns trechos alagados, nem caminhões conseguem passar.  Em três dias já foram 151 milímetros de chuva e a Defesa Civil do agreste está em alerta.

Em vez de estrada, o que se vê no Sítio Bejinho é um rio. O caminhoneiro Antonio Erasmo veio do município de Poção pra entregar uma carga de material de construção em uma residência e não conseguiu. “Eu desisti, não tem condição de por o caminhão. Vou ter que dormir aqui porque não tem outra solução”, lamentou.
Na estrada do Sítio Lagoa do Angu, que dá acesso à nascente do Rio Capibaribe, um ponto começou a encher durante a tarde. Alguns carros voltaram, porque o risco de atolar é grande. O motorista Manoel Francisco dos Santos foi um dos que desistiram de passar. Ele tinha horário pra fazer entregas, mas achou melhor atrasar o serviço. “Eu preferi dar a volta porque vai que tem buraco ali, daí piora as coisas”, disse.
Já o motorista Ezequias Leite da Silva só encarou o alagamento, porque dirigia uma Toyota. “Fiquei com um pouquinho de medo de passar porque está um pouco desbarrancado. De carro baixo eu não arriscaria passar ali”, afirmou.
Mais chuvas
O problema pode se agravar, já que  a previsão, de acordo com a Defesa Civil do Agreste, é de mais chuva. “Nós temos previsão de chuva para os próximos cinco dias. O volume de chuva são de moderadas a fortes. Poderá haver alagamentos e transbordamento de rios e riachos, que estão acima do normal”, ressaltou o diretor da Defesa Civil do agreste que esteve em Poção-PE.

Ele ainda explicou ainda que os moradores das áreas rurais estão sendo orientados a passar por outros locais. “São poucas as possibilidades com veículos e há acessibilidade através de pontos alternativos”, disse.
Fonte: Poção em foco


Nenhum comentário:

Postar um comentário