segunda-feira, 18 de setembro de 2017

A Imprensa de Jataúba: a liberdade e os abusos cometidos



           Faz poucos dias, vi na internet sobre o fato de um blogueiro ter levado um pau de um vereador devido a alguns fatos falados por ele que se intitula 'profissional da imprensa', e com suas palavras, causa enormes problemas nas vidas de pessoas comuns, tirando-lhes a tranquilidade e a paz, pelo simples "prazer" de atuar com má-fé e leviandade.
       Tristeza ver hoje a imprensa de Jataúba buscar somente atingir a honra das pessoas, cujos motivos vão desde a simples questão política até mesmo a um dos pecados capitais: a inveja. Os dedos de tais "profissionais" são determinados a pressionar no teclado do computador cada letra e palavra que comporão as injúrias, as infâmias, os pejorativos, as calúnias, cujo objetivo e atingir a honra e a moral dos cidadãos jataubenses de bem.
           Esses blogueiros demonstram em cada texto uma obsessão pela suas vitimas a ponto de perder a noção de sua estupidez. Confunde o direito de imprensa com o abuso de liberdade de expor seus devaneios e loucuras.
           A imprensa de Jataúba (blogs e a rádio) deveriam saber usar a sua força para melhorar a vida de uma cidade inteira, fiscalizando os atos do prefeito e defendendo, com bons exemplos, a liberdade que é garantida constitucionalmente.
          O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros parece que nunca foi lido por nenhum desses canalhas que fazem questão de mostrar seus nomes, querendo demonstrar coragem com isso, mas não passam de covardes que se escondem atrás do direito constitucional da liberdade de imprensa; se dizem da "imprensa" e se aproveitam da profissão para se apresentarem como vitimas, sempre com a defesa hipócrita de que não tinham a intenção de cometer crime algum.
            De nada adianta uma imprensa livre, se a liberdade que lhe é garantida, é usada para denegrir, baseada nos interesses e sentimentos mesquinhos. E, aos leitores e empresas que contribuem financeiramente ou não para esses blogs selvagens, um conselho: "a vitima um dia poderá ser você". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário